Artigos e Dicas

SUPLEMENTO DE ÔMEGA-3 NA RECUPERAÇÃO APÓS OS EXERCÍCIOS

quinta, 29 de abril de 2021 às 00:00:00

SUPLEMENTO DE ÔMEGA-3 NA RECUPERAÇÃO APÓS OS EXERCÍCIOS

 

 

Estudo avalia dosagem da suplementação com óleo de peixe para potencializar o restabelecimento da performance e atenuar a dor muscular pós-treino. Fisiologistas explicam

 

 

Desde crianças ouvimos falar que o consumo de peixe é muito importante para a saúde. Hoje, sabemos que os principais responsáveis por esses benefícios são os ácidos graxos chamados ômega-3 (ALA - ácido alfa-linolênico; EPA - ácido eicosapentaenóico; DHA - ácido docosahexaenóico).

 

Os benefícios são tantos que a suplementação com esses óleos tem sido cada vez mais estudada, e hoje muito já se fala de sua importância para ajudar na melhora da performance física em decorrência de seus efeitos anti-inflamatórios e de redução da ativação dos receptores neurais de dor.

 

Numa pesquisa coordenada pela Dra. Trisha Vandusseldorp, pesquisadores de diversas universidades Norte Americanas avaliaram três diferentes dosagens de óleo de peixe, com o objetivo de definir qual seria melhor para otimizar a performance. No estudo, 32 jovens de ambos os sexos foram divididos em quatro grupos:

 

 

  • Placebo;
  • 2 g/dia (2G) de óleo de peixe, cada grama contendo 400 mg de EPA e 300 mg de DHA;
  • 4 g/dia (4G) de óleo de peixe, cada grama contendo 400 mg de EPA e 300 mg de DHA;
  • 6 g/dia (6G) de óleo de peixe, cada grama contendo 400 mg de EPA e 300 mg de DHA.
  •  
  •  

    Após sete semanas de suplementação, os voluntários foram submetidos a uma série rigorosa de exercícios excêntricos. As variáveis foram avaliadas pré-exercícios, imediatamente após os exercícios, e uma hora, duas horas, quatro horas, 24 horas e 48 horas após o exercício excêntrico. Essas variáveis foram:

     

    • Impulsão vertical;
    • Força de extensão de joelho;
    • Sprint de 40 jardas;
    • Teste T de agilidade;
    • Percepção subjetiva de dor.

     

    Resultados:

     

    A partir dos resultados do estudo, os autores sugerem que indivíduos submetidos a exercícios intensos e/ou não habituais devem considerar a suplementação com uma dose mais alta (6 gramas) de Omega-3 (totalizando 2400 mg/dia EPA e 1800 mg/dia DHA) a fim de potencializar a recuperação da performance e atenuar a dor muscular pós-exercício.

     

    Nos dias atuais em que estamos gradativamente voltando à prática esportiva, depois de um longo período de confinamento, pensar em estratégias de recuperação torna-se de fundamental importância, uma vez que o volume e a intensidade dos exercícios que fazíamos rotineiramente pré-pandemia exigem, hoje, um grau de esforço muito maior do nosso corpo.

     

    Portanto, recuperá-lo adequadamente é imprescindível para prevenirmos lesões, reconquistar e superar nosso condicionamento físico pré-pandemia.

     

     

    Referência:

    International Society of Sports Nutrition - Brasil.

     

    https://globoesporte.globo.com/eu-atleta/nutricao/post/2021/04/27/suplemento-de-omega-3-na-recuperacao-apos-os-exercicios.ghtml


    CADASTRE-SE E RECEBA OFERTAS

    Siga-nos

    • @biosuplementosbc


    • CNPJ: 24004743000106

    Segurança